Visite: entre em contato com um guia ou agente local.

Asé Ilê

Créditos: José Cordeiro/ SPTuris

Centro de Cultura Asé Ylê do Hozooane

Pertencente a uma linhagem de tradicionais terreiros do sul da Bahia, caracteriza-se por ser um legítimo candomblé de Angola. O Ylê possui também herança Savalu, uma casa matriz do povo jeje, oriundo da região do Daomé, atual Benim, no noroeste da África.  

 

Luiz Antonio Katulemborange – Tata de Engui (sacerdote mor). Foto: José Cordeiro/ SPTuris.

É possível visitar o barracão onde acontece parte dos rituais religiosos ou se deliciar com a culinária afro-brasileira, provando pratos como vatapá, caruru, acarajé, entre outros. Vale também conhecer o artesanato, as apresentações de samba de roda, de capoeira e do balé afro, o Mona Kavungo.

Pipoca simboliza a união da terra e do céu. Foto: José Cordeiro/ SPTuris.

A instituição que há mais de 20 anos luta pela valorização e promoção da cultura afro-brasileira, promove festas, rituais e palestras, ensinando respeito aos Orixás, preservando as origens africanas na culinária e nas apresentações culturais. 

Da CIT Polo de Ecoturismo, o Asé Ylê fica a aproximadamente 22 minutos. Siga pela Av. Sen. Teotônio Vilela, continue pela Estrada Ecoturística de Parelheiros, vire à esquerda na Estrada da Colônia, vire à esquerda na Rua Sergino Ignácio Ferreira, depois à direita na Rua Eloy Domingues da Silva, siga pela R. Barão de Ermida e vire à esquerda na R. Conde de Fontalva. 

 

Asé Ylê do Hozooane
R. Conde de Fontalva, 100 – Parelheiros
+55 11 5920-8696
Segunda a sexta, das 8h às 17h; Sábado, das 10h às 14h
Facebbok: Asé Ylê do Hozooane